Coimbra vai realizar Fórum da Juventude no Convento São Francisco

O Convento São Francisco (CSF) vai acolher, no terceiro trimestre deste ano, o Fórum da Juventude de Coimbra. A novidade foi avançada pela vereadora da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) responsável pela área da Juventude, Carina Gomes, no final da tarde de ontem, durante o plenário do Conselho Municipal de Juventude de Coimbra (CMJC), que decorreu no Salão Nobre da CMC. O Fórum da Juventude de Coimbra procurará o contributo dos mais novos para a criação de um Plano Municipal da Juventude de Coimbra. Representa ainda o reconhecimento do valor da juventude na construção e transformação da nossa cidade e comunidade. 

O Fórum da Juventude de Coimbra foi o principal ponto da ordem de trabalhos do plenário do CMJC. Carina Gomes, que presidiu ao plenário, lembrou que a CMC tem verbas disponíveis para o associativismo juvenil e incentivou as associações presentes a fazerem uso destes meios, apresentando propostas ao Município. 

Na abertura do plenário, o presidente da CMC, Manuel Machado, falou essencialmente do grande evento desportivo que a cidade vai acolher em 2018, com epicentro no Estádio Universitário. “Os Jogos Europeu Universitários, vulgo EUSA Games, vão trazer a Coimbra mais de quatro mil desportistas”, começou por salientar o edil. Como referiu, alguns equipamentos estão a ser requalificados, como por exemplo o Estádio Universitário e um dos seus espaços contíguos (Praça das Cortes), esperando o presidente da CMC que essas reqaualificações “perdurem para lá dos jogos”. Manuel Machado convidou todas as associações juvenis de Coimbra a estarem envolvidas, pois, como referiu, vão ser necessários muitos voluntários (cerca de 2 mil), para ajudar a que o evento corra bem.

Por seu turno, o presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), Hugo Carvalho, falou às dezenas de presentes no plenário sobre o futuro Fórum da Juventude de Coimbra. “O Fórum de Juventude de Coimbra é uma prova de que Coimbra continua na linha da frente em termos de política de juventude e que sabe o que está a fazer”, começou por dizer. 

Hugo Carvalho explicou também que o Fórum da Juventude de Coimbra tem como grande objetivo “criar um Plano Municipal de Juventude que tenha acordo da sociedade civil e de outras organizações que estão no terreno além do Município. E isto deve ser feito auscultando os jovens e as organizações juvenis para perceber o que é que a cidade precisa dos próprios”. O presidente do CNJ concluiu, adiantando que a “ideia de realização deste Fórum está enquadrada no processo de diálogo estruturado que é promovido pela União Europeia”.